Fundos Imobiliários

Como acessar um regulamento de FII: uma etapa importante para investir!

Como acessar um regulamento de FII: uma etapa importante para investir!

Antes de se tornar um cotista de Fundos Imobiliários, é muito importante que você saiba como acessar um regulamento de FII. Afinal, deve-se analisar com cautela antes de uma decisão importante.

Mas, se você ainda não sabe fazer isso, não se preocupe: nos próximos tópicos deste artigo, te ajudaremos a entender como acessar um regulamento de FII e o que fazer com ele.

O que é um regulamento de FII?

Como a grande maioria das coisas atualmente, os FIIs também precisam de um regulamento para ditar – e esclarecer – suas regras e políticas.

Portanto, é um fato que o regulamento de um FII é muito útil para os investidores. Afinal, este documento apresenta informações relevantes em relação ao funcionamento do fundo.

Tendo isso em mente, os regulamentos dos FIIs devem ser sempre disponibilizados para que os investidores possam acessá-los e analisá-los devidamente – e os próximos tópicos te ajudarão a entender como fazer isso.

Por que devo acessar o regulamento de um FII?

Não é novidade que, antes de se aventurar no mundo dos investimentos, é preciso avaliar muitos fatores com bastante cautela.

Sendo assim, não seria diferente com os FIIs. Então, prestar atenção aos detalhes da regulação de um FII é um hábito muito importante.

Com o acesso ao regulamento do Fundo, é possível analisá-lo de forma mais sólida e ter a certeza de que este é o FII certo para você.

Mas, antes de começar a analisar, é necessário saber como acessar um regulamento de FII. Para saber como fazer isso, acompanhe as próximas instruções!

Como acessar um regulamento de FII?

O primeiro passo para conseguir acessar um regulamento de FII é ter em mãos o nome completo do Fundo, pois, apenas com o código (ticker), não é possível encontrá-lo.

Para isso, basta realizar uma busca na internet para descobrir o nome do seu FII de interesse por extenso.

O próximo passo é acessar a área de Fundos de Investimento no site da CVM e, então, digitar o nome no primeiro campo.

No segundo campo, basta escolher o tipo do fundo, selecionando a opção “Fundo de Investimento Imobiliário”.

Em seguida, ao selecionar o seu fundo de interesse entre os presentes na lista, será possível observar diferentes informações sobre o mesmo – como, por exemplo, o número de cotas e o valor do patrimônio.

Mas, para acessar o regulamento em si, é preciso clicar no link vermelho, localizado abaixo destas informações: “consultar documentos do fundo”.

Agora, basta digitar “regulamento” no campo de busca e selecionar o documento mais recente para acessá-lo.

O que analisar em um regulamento de FII?

Com o regulamento em mãos, é preciso saber por onde começar: o que analisar e como fazer isso? Descubra!

  1. Taxa de administração do Fundo

Descrita no regulamento do FII como Política de Remuneração, a taxa de administração do fundo é um dos fatores importantes a serem avaliados neste momento.

Isso porque, nesta parte do regulamento, devem estar esclarecidas todas as informações sobre como será feita a cobrança e se existem taxas adicionais ou não.

Alguns exemplos de taxas que podem ser cobradas em alguns casos são a taxa de consultoria imobiliária e, caso a rentabilidade exceda o valor determinado, a taxa de performance.

É essencial que o investidor tenha ciência dessas possíveis taxas, para que surpresas desagradáveis possam ser evitadas.

Além disso, aproveite este momento para verificar qual é a instituição administradora do fundo, tendo em mente que esta é uma informação relevante para o investidor.

  1. Distribuição de resultados

Embora os Fundos Imobiliários costumem distribuir seus ganhos mensalmente, podem ocorrer certas variações quanto a isso.

Investir em FIIs visa receber estes lucros, por isso, dedique um tempo à verificação de todos os detalhes em relação às datas de pagamento, se atentando à periodicidade da distribuição dos ganhos.

  1. Política de investimentos

Na política de investimentos do fundo, também disponível no regulamento, é possível encontrar informações sobre os ativos presentes na carteira do fundo, assim como quais são os ativos que podem ser adicionados futuramente.

Os fundos de tijolo, por exemplo, que investem em imóveis físicos, podem pretender adicionar shoppings, edifícios ou os mais diversos tipos de imóveis comerciais.

Já os fundos de papel, que compram recebíveis imobiliários, podem investir em CRIs (Certificados de Recebíveis Imobiliários), LCIs (Letras de Crédito Imobiliário) ou até LHs (Letras Hipotecárias).

Ler a política de investimentos do FII atentamente é um passo importante para que se possa avaliar se a estratégia do fundo condiz com a do investidor.

  1. Prazo de duração do FII

Alguns FIIs têm prazo de duração indeterminado. No entanto, outros podem ter uma duração específica.

Verificar este fator é importante pois, assim, o investidor pode avaliar se este fundo se adequa à sua estratégia pessoal de investimentos: alguém que busca um investimento de longo prazo, por exemplo, deve checar em quantos anos o fundo será encerrado.

O que mais analisar, além do regulamento do FII?

Alguns fundos apresentam, além do regulamento, outro tipo de documento importante: os relatórios gerenciais. São documentos, de uma forma geral, bastante didáticos. Eles trazem um resumo da política de investimentos, assim como uma descrição dos resultados recentes do fundo.

Para descobrir se um FII disponibiliza este documento, basta digitar “relatório gerencial” no campo de pesquisa onde procuramos pelo regulamento anteriormente.

É importante lembrar: nem todos os Fundos apresentam este relatório. Mas, caso seja possível analisá-lo, o investidor terá ainda mais clareza sobre o funcionamento do mesmo.

Verificar o regulamento de um FII antes de investir é um hábito importante, que pode te ajudar nos momentos de decisão e te salvar de muitas surpresas desagradáveis para seus investimentos.

Então, se te ajudamos a entender como acessar um regulamento de FII e analisá-lo corretamente, acompanhe nossas postagens e tire mais dúvidas através de outros artigos!

Jacinto Neto
Jacinto Neto Analista CNPI e sócio do Funds Explorer
Formado em administração pública pela FGV-SP, mestre em Finanças e Controladoria pela FIPECAFI, analista CNPI e sócio do Funds Explorer. Possui experiência maior que 5 anos, trabalhando com estratégia de investimentos, planejamento e modelagem financeira, além de análise de fundos de investimento imobiliário.

Leia também