Mercado Financeiro

Taxa de administração: o que é e como afeta suas aplicações

Taxa de administração: o que é e como afeta suas aplicações

Você já ouviu falar da taxa de administração ao investir em fundos? Se sim, sabe para que servem e como funcionam?

As taxas de administração são porcentagens cobradas, pela gestão do fundo, para operar o valor que você aplica. Nesse caso, é importante conhecer melhor sobre essa taxa para, então, saber quando é mais vantajoso certo produto financeiro.

Por isso, continue nesse texto para assim, maximizar seus lucros.

O que é taxa de administração?

Como mencionamos, trata-se de uma taxa que o gestor cobra por utilizar sua expertise para aplicar o dinheiro do investidor em diferentes ativos diferentes — este é o conceito de taxa de administração

A gestão do fundo é feita por especialistas em economia e finanças e estes, analisam e investem em excelentes oportunidades no mercado imobiliário.

A taxa é paga anualmente e é referente ao valor investido e ao lucro obtido, por essa razão, lembre-se de analisar se seus rendimentos estão sendo afetados por esse encargo.

Para que serve a taxa de administração?

Vemos um home vestido com um sobretudo e esboçando dúvida

Serve, justamente, para o pagamento de quem cuida da gestão do fundo.

Os profissionais dessa área são peritos no assunto e tratam de vários assuntos, como:

  • Definição da estratégia de investimento
  • Diversificação dos ativos
  • Acompanhar mercado
  • Fazer análises de ativos

Portanto, é possível ver que para haver uma boa administração precisa-se de bons profissionais que precisam ser remunerados.

Como funciona a taxa de administração?

Antes de mais nada, deve-se saber que a gestão controla e acompanha todas as aplicações. Enquanto isso, calcula-se a taxa de administração de fundos para o devido pagamento, que é anual.

Essa taxa é muito alta?

A resposta desse tipo de pergunta dependerá do tipo de investimento do fundo.

Inegavelmente, quanto mais arriscado ou complexo, maior o valor.

Normalmente varia entre 0,2% e 3%.

Logo, podemos concluir que é um valor que afetará seus rendimentos caso não sejam tão lucrativos.

Taxa de administração de fundos imobiliários

Vemos uma mão segurando um molho com uma chave.

Dentre os fundos que possuem taxas administrativas, existem os FIIs (Fundos Imobiliários), que são ativos que investem em imóveis físicos ou em recebíveis imobiliários.

São produtos financeiros que trazem vários benefícios como boa liquidez, altos rendimentos, isenção de IR para proventos, valorização, entre outros.

Como investidor dessa modalidade, também é necessário fazer o pagamento da taxa de administração em fundo de investimento.

Nesse caso, é válido avaliar se compensa o valor da taxa para o valor dos seus rendimentos.

Considerações

Como vimos no texto, é de extrema importância conhecer o valor a ser pago por suas aplicações em fundos, pois, a depender da sua porcentagem e do rendimento da aplicação, seu investimento pode não ser vantajoso.

Dessa forma, analise sua estratégia e seus objetivos, calcule o valor dos seus investimentos e proventos para assim observar se sua taxa de administração está jogando contra ou a favor do seu sucesso financeiro.

Jacinto Neto
Jacinto Neto
Analista CNPI e sócio do Funds Explorer
Formado em administração pública pela FGV-SP, mestre em Finanças e Controladoria pela FIPECAFI, analista CNPI e sócio do Funds Explorer. Possui experiência maior que 5 anos, trabalhando com estratégia de investimentos, planejamento e modelagem financeira, além de análise de fundos de investimento imobiliário.

Leia também