Fundos Imobiliários

O que é cota patrimonial?

O que é cota patrimonial?

Quando se fala em fundo de investimento, é necessário abordar a cota patrimonial. Afinal, essa aplicação financeira contem várias partes. Ao serem somadas, elas formam o total do capital do FII.

Apesar da cota patrimonial ser parecida com a de negociação, elas têm diferenças significativas. Vamos explicar melhor a partir de agora. Confira.

O que é cota patrimonial?

Esse termo consiste no resultado da divisão do patrimônio líquido pelo total de cotas de um fundo de investimento. Ela é similar ao valor patrimonial por ação (VPA), mas voltado para outro contexto. Portanto, ela representa a fração ideal.

É importante reforçar que o fundo não tem obrigação de divulgar o valor da cota patrimonial. Ainda assim, ele pode oferecer essa informação no site de Relações com Investidores (RI).

Cota de negociação x patrimonial: quais as diferenças?

A cota patrimonial relaciona-se ao efetivo patrimônio líquido do fundo. Já a cota de negociação é o preço adotado como referência para a compra e venda de ativos no mercado secundário.

Por isso, o preço de ambas tende a divergir. Isso porque o valor da cota de negociação depende da atividade do mercado. Além disso, as diferentes perspectivas para o ativo também interferem na sua cotação.

Valor patrimonial e cota patrimonial: qual a relação?

O valor patrimonial (VP) representa o patrimônio líquido do fundo de investimento. Ou seja, é o valor de todos os ativos menos os passivos.

Enquanto isso, a cota patrimonial resulta-se da divisão do patrimônio líquido pelo total de cotas. Portanto, ela sinaliza o preço em que cada fração do fundo deveria ser negociada.

Já o valor patrimonial consiste em todos os ativos disponíveis na carteira. Portanto, entender essa relação ajuda a encontrar oportunidades.

Como? Basta observa se o fundo negocia abaixo do VP. Se isso acontecer, é a chance de comprar ativos por um preço menor do que eles realmente valem.

No entanto, é preciso ter atenção. Em alguns casos, esse preço menor pode surgir devido a outras condições que representam risco ao investidor. Por isso, é importante analisar e considerar seu perfil de investidor.

Como calcular a cota patrimonial?

Como indicado, pode-se fazer o cálculo da cota patrimonial da seguinte forma:

CP = patrimônio líquido / total de cotas

Por exemplo, se o fundo de investimento tiver um patrimônio líquido de R$ 50 milhões e 500 mil cotas, o resultado será de R$ 100. Isso significa que esse é o preço teórico atual de cada fração.

Agora, digamos que o preço de negociação da cota seja de R$ 95. Nesse caso, existe um deságio equivalente a 5%. Isso porque existe uma depreciação equivalente a 5 pontos percentuais.

Por outro lado, se a negociação ocorresse a R$ 105, haveria um ágio de 5%. Ou seja, uma diferença positiva igual a essa porcentagem.

De toda forma, é importante saber que não existe um resultado certo para essa cota. Ela precisa ser comparada à de negociação para saber o momento certo de vender (ágio) ou comprar (deságio).

Assim, mais do que saber o que é cota patrimonial, é necessário saber utilizá-la para decisões de investimento. Para isso, calcule-a, caso o fundo de investimento não repasse a informação.

De toda forma, a cota patrimonial é uma informação necessária. Assim, você faz uma análise mais aprofundada, especialmente em conjunto com outros indicadores.

Jacinto Neto
Jacinto Neto
Analista CNPI e sócio do Funds Explorer
Formado em administração pública pela FGV-SP, mestre em Finanças e Controladoria pela FIPECAFI, analista CNPI e sócio do Funds Explorer. Possui experiência maior que 5 anos, trabalhando com estratégia de investimentos, planejamento e modelagem financeira, além de análise de fundos de investimento imobiliário.

Leia também