Fundos Imobiliários

Como escolher um Fundo Imobiliário? Descubra o FII perfeito para você!

Como escolher um Fundo Imobiliário? Descubra o FII perfeito para você!

Uma das primeiras modalidades que vêm à mente ao falar em investimentos são os Fundos Imobiliários, tendo em vista que, são considerados uma boa opção para a maioria dos perfis de investidor.

Mas, tendo em mente a grande variedade de FIIs existentes no mercado atualmente, você sabe como escolher um Fundo Imobiliário? Acompanhe os próximos tópicos e descubra!

O que são os Fundos Imobiliários?

Antes de pensar em como escolher um Fundo Imobiliário, é importante estar por dentro de todos os detalhes sobre como este modelo de investimento tão amado pelos brasileiros funciona.

Os Fundos Imobiliários são, basicamente, uma variação da já conhecida maneira de lucrar com imóveis: alugando-os para outras pessoas.

A diferença é que, investindo em FIIs, não é necessário ter imóveis físicos: você pode apenas aplicar nos Fundos, o que faz com que este seja considerado um investimento fácil, simplificado e mais barato.

Os FIIs são mesmo para você? Conheça as vantagens!

Se você ainda não investe em Fundos Imobiliários e está avaliando a ideia de conhecer esses papéis, talvez estas vantagens ajudem a iluminar seu caminho. Confira:

  1. São Fundos diversificados

Uma das vantagens oferecidas apenas pelos FIIs é a possibilidade de investir indiretamente em ativos imobiliários.

Além disso, muitos FIIs apostam em investir em diversos tipos de ativos. Entretanto, é sempre uma boa ideia avaliar este fator antes de investir.

  1. Oferecem a ajuda de um gestor

O acompanhamento de um gestor pode facilitar muitos processos, em especial para os investidores iniciantes.

Este gestor estará encarregado de realizar alocações em vários imóveis diferentes, sempre levando seus objetivos em consideração – e fazendo isso de forma estratégica e profissional.

  1. Menos burocracia

Todos sabem que a burocracia é algo difícil de ser contornado – e que isso pode desmotivar muitas pessoas a iniciarem seus investimentos.

Por isso, um dos pontos fortes dos FIIs é o alívio dos investidores, que se vêem livres dos encargos burocráticos e de possíveis problemas e processos que o imóvel possa trazer.

Dito isso, vamos às dicas sobre como escolher um Fundo Imobiliário perfeito para você!

Escolhendo um FII: o que levar em consideração?

O primeiro passo na hora de escolher qual será o seu próximo investimento é avaliar as diferentes circunstâncias e preferências que possam afetar o rumo da sua aplicação.

Afinal, existem vários pontos a serem levados em consideração para que esta escolha seja a melhor possível. Confira os principais:

  1. Rentabilidade

Sem dúvidas, um dos principais fatores para qualquer investidor no momento da decisão é a rentabilidade dos Fundos.

Por isso, uma boa ideia é checar o histórico de rentabilidade dos Fundos de interesse antes de definir a sua escolha.

Entretanto, é importante lembrar que o histórico do Fundo até o momento, muitas das vezes, não determina como será o futuro do mesmo. É preciso pensar mais à frente, caso você veja potencial em um investimento!

  1. Liquidez

A liquidez dita, basicamente, a capacidade que um Fundo tem de transformar seu investimento em retorno. Por isso, é sempre bom estudar a liquidez de qualquer FII.

Neste momento da avaliação, considere possíveis emergências nas quais você pode depender da liquidez da sua FII e considere se o valor atenderia às suas necessidades e expectativas nessa situação.

  1. Estratégia

Extremamente determinante no momento de saber se um Fundo Imobiliário se adequa ao seu perfil e às suas preferências, a estratégia jamais pode ser deixada de lado.

É importante se informar, nesta etapa, sobre quais são os tipos e condições dos imóveis, além de estudar também a estratégia de alocação do Fundo que lhe interessou.

Levar seu perfil de investidor como prioridade pode ajudar muito agora. Assim, é possível escolher um limite sobre a proporção dos riscos aos quais você pode ou pretende se expor.

  1. Localização

Assim como acontece no aluguel convencional de imóveis, a localização do mesmo é sempre um fator determinante. Por isso, busque esta informação antes de investir em um FII.

Procure saber se o bairro é seguro ou se o imóvel é situado em uma área valorizada, por exemplo.

Ainda levando em conta a visão de futuro, considere se a área tem alguma propensão a se tornar valorizada daqui a um tempo, mesmo que não esteja agora.

  1. Diversificação

Com uma carteira diversificada, os riscos se tornam menores. Então, é interessante saber se o Fundo no qual você está prestes a aplicar investe em poucos ou muitos ativos.

Este fator é muito importante e deve ser levado em consideração para qualquer investimento, mas, sobretudo, nos FIIs.

  1. Objetivos do investidor

Além de avaliar os riscos do Fundo de acordo com o seu perfil, também é muito importante que os seus objetivos estejam alinhados durante a busca pelo FII perfeito.

Afinal, com planos e objetivos traçados, é mais fácil planejar o futuro e ter um olhar mais crítico no momento da escolha. 

Nunca deixe de avaliar seus objetivos e organizá-los, pois este hábito garante muito mais satisfação quanto aos seus investimentos.

  1. Um gestor de qualidade

E, por último, um bônus: além de tudo o que citamos acima, uma dica de ouro é conhecer o gestor que faz parte do projeto.

Como citamos acima, este profissional te acompanhará aplicando estratégias e estará com você por bastante tempo – e este gestor é uma peça fundamental no que diz respeito ao desempenho do FII.

Por isso, é importante buscar o histórico deste gestor no Mercado estudando Fundos nos quais ele já tenha atuado, levando em consideração a rentabilidade desses ativos e o sucesso dos FIIs nos quais ele trabalhou, no geral.

Tendo o gestor como uma referência e conseguindo boas informações sobre seu histórico, você estará um passo à frente na busca pelo Fundo Imobiliário perfeito.

E então, conseguiu organizar melhor as ideias?

É muito importante que nenhum passo seja pulado durante o processo de escolha de um futuro investimento.

Lembre-se sempre de que o seu dinheiro estará aplicado e que qualquer erro de cálculo pode levar a consequências e imprevistos desagradáveis.

Esperamos que este artigo tenha te ajudado a aprender como escolher um Fundo Imobiliário. Experimente navegar pelo site e se surpreenda com muitas outras dicas!

Jacinto Neto
Jacinto Neto Analista CNPI e sócio do Funds Explorer
Formado em administração pública pela FGV-SP, mestre em Finanças e Controladoria pela FIPECAFI, analista CNPI e sócio do Funds Explorer. Possui experiência maior que 5 anos, trabalhando com estratégia de investimentos, planejamento e modelagem financeira, além de análise de fundos de investimento imobiliário.

Leia também