Finanças Corporativas

Turnover: entenda o que é e qual a importância para o seu negócio

Turnover: entenda o que é e qual a importância para o seu negócio

Um dos principais aspectos que influenciam o sucesso de uma empresa é a eficiência de seus investimentos. Por isso, existe um índice que ajuda a medir essa eficiência: a taxa de turnover.

É através desse do índice de turnover que os gestores conseguem se manter a par das movimentações financeiras e retorno de investimentos de uma empresa. Portanto, se você quer entender melhor como isso funciona, continue a leitura!

Taxa de turnover: o que é e como calcular?

Para entender melhor qual o conceito do termo turnover, pense em renovação: turnover se refere ao número de funcionários substituídos, por exemplo, no setor de Recursos Humanos. 

Além disso, também é possível medir a capacidade da empresa de gerar receita através do próprio dinheiro que investe-se nela. Esse processo é conhecido como taxa de turnover de investimento.

Para isso, o cálculo é feito com base nas dívidas da empresa, no seu patrimônio líquido e na taxa de desperdício. Parece complicado, mas não se preocupe! O próximo tópico ensina como calcular essa taxa.

Como calcular a taxa de turnover de investimentos da empresa

Para calcular o turnover de investimento basta aplicar o cálculo:

Receita Líquida / (Patrimônio Líquido + Dívidas)

Vamos supor que uma empresa tenha:

  • R$3.000.000 em vendas líquidas;
  • R$500.000 em patrimônio líquido;
  • R$150.000 em dívidas.

Dessa forma, para essa empresa, o cálculo seria o seguinte:

3.000.000 / (500.000+150.000) = 4,62

Taxa de turnover = 4,62.

Isso significa que, nesse caso, gera-se R$4,62 em receita a cada R$1,00 que sai das dívidas ou do patrimônio líquido da empresa.

Como interpretar corretamente a taxa de turnover de investimentos

Apesar de ser possível fazer esse cálculo, é importante que a interpretação da taxa de turnover de investimentos da sua empresa seja feita corretamente. Entenda:

Se a sua taxa de turnover for alta, a sua empresa tem apresentado bastante eficiência em relação ao controle financeiro: o recebimento de dinheiro tem sido suficiente para manter o equilíbrio e sustentar todas as contas que a empresa tem a pagar.

Logo, isso também significa que a empresa tem apresentado uma boa aplicação de recursos no processo de produção, ou seja: há pouco desperdício e uma grande capacidade de sustentabilidade operacional. Não é necessário estar sempre aplicando dinheiro e investindo nessa parte.

Pensando na parte comercial, uma taxa alta de turnover de investimentos indica que a empresa tem conseguido vendas suficientes para manter o estoque alinhado e o faturamento linear ou crescente.

Quais são as limitações dessa taxa?

A princípio, é importante lembrar que a análise de lucros gerados pela sua empresa não podem ser totalmente baseados na taxa de turnover de investimentos.

Em alguns casos, um grande volume de vendas e alto faturamento não significa, necessariamente, que a empresa esteja gerando lucro. Uma empresa que vem gerando prejuízos também pode apresentar um alto índice de turnover.

Além disso, saiba que o índice de turnover não é um fator que pode se comparar ao de outras empresas

Tudo depende muito dos custos de produção, do porte e setor da empresa, além de muitos outros fatores, por isso, o índice de turnover de duas empresas diferentes não deve ser utilizado, especialmente de maneira isolada, como um medidor de qual empresa está indo melhor nos negócios.

Por último, tenha em mente que essa taxa nem sempre é estável.

Assim, sua empresa pode ter apresentado um índice de turnover excelente um ano atrás, mas isso não garante que o mesmo índice será igualmente satisfatório daqui a um ano.

Jacinto Neto
Jacinto Neto Analista CNPI e sócio do Funds Explorer
Formado em administração pública pela FGV-SP, mestre em Finanças e Controladoria pela FIPECAFI, analista CNPI e sócio do Funds Explorer. Possui experiência maior que 5 anos, trabalhando com estratégia de investimentos, planejamento e modelagem financeira, além de análise de fundos de investimento imobiliário.

Leia também