Finanças Corporativas

Fintech: entenda tudo sobre o termo popular no mercado financeiro

Fintech: entenda tudo sobre o termo popular no mercado financeiro

Finanças e Tecnologia: duas coisas que não poderiam dar errado em conjunto. A fintech é uma combinação que vem trazendo cada vez mais soluções e opções diferentes para inovar no mercado.

Entretanto, está errado quem pensa que Fintech é um termo que se refere apenas às inovações tecnológicas do mercado financeiro: ele facilita muitos processos e evita, muitas vezes, a necessidade de se abrir conta em corretora.

Então, para entender melhor tudo sobre o tema, acompanhe os próximos tópicos! 

O que é fintech?

O significado do termo, que abrevia financial technology, vai muito além de sua explicação óbvia: a junção entre finanças e tecnologia.

Apesar de não ser algo novo – pois a própria criação dos caixas eletrônicos foi um marco tecnológico –, a tecnologia se renova a cada dia e, hoje, as instituições precisam acompanhá-la.

Se encaixam nesta definição as empresas que oferecem soluções mais simples e baratas para a população, através de produtos financeiros 100% digitais.

Portanto, o diferencial destas empresas em meio às tradicionais presentes no setor é o uso melhor aproveitado da tecnologia, que gera vantagens para ambos os lados. Para conhecê-las, continue a leitura!

Vantagens da fintech

As vantagens mais conhecidas – e que começaram a ser ainda mais utilizadas durante a pandemia – de contar com instituições financeiras inovadoras e que andam lado a lado com a tecnologia já fazem parte de muitas rotinas.

Entretanto, o termo fintech se refere a muito mais do que a facilidade de controlar suas finanças pelo aplicativo do banco. E, para ajudá-lo a conhecer essas vantagens, listamos algumas delas. Veja:

  1. Maior controle

A era digital trouxe a nós uma das principais inovações: a possibilidade de controlar o que quisermos com apenas um toque na tela.

Muitos consideram esta tecnologia extremamente necessária para o dia-a-dia. Afinal, ir até o banco, muitas das vezes, pode ser um processo demorado e estressante – o oposto da praticidade que os aplicativos disponibilizam.

  1. Mais simplicidade em processos financeiros

Apesar de não ser possível fugir dos processos burocráticos, a tecnologia vem os tornando cada vez menos complicados.

Por conta disso, existem hoje tantos bancos digitais. Afinal, com eles, não é preciso esperar horas em filas em nenhuma circunstância.

  1. Abertura de contas mais vantajosas

Com a vinda dos bancos digitais, foi descoberto um novo leque de possibilidades. Agora, existem diversas opções de contas muito mais vantajosas.

Entre as inúmeras soluções que isto propõe, estão as contas digitais, seguros, cartões sem cobrança e muitos outros serviços – incluindo as contas de investimento –, que agradam a todo tipo de cliente.

  1. Custos menores

Instituições já fundadas como fintechs têm custos bastante reduzidos. Por isso, as taxas que chegam até os clientes também são muito menores!

É por este motivo que, com tanta frequência, surgem novas opções sem taxas oferecidas por bancos digitais.

A última década foi um divisor de águas em relação ao acesso da população à internet e a todas as suas vantagens – entre elas, a inteligência financeira. Então, que tal aproveitar as fintechs e dar um up nas finanças?

Jacinto Neto
Jacinto Neto Analista CNPI e sócio do Funds Explorer
Formado em administração pública pela FGV-SP, mestre em Finanças e Controladoria pela FIPECAFI, analista CNPI e sócio do Funds Explorer. Possui experiência maior que 5 anos, trabalhando com estratégia de investimentos, planejamento e modelagem financeira, além de análise de fundos de investimento imobiliário.

Leia também