Mercado Financeiro

Mercado à vista: entenda como começar a investir na Bolsa

Mercado à vista: entenda como começar a investir na Bolsa

Se você é um investidor iniciante, precisa conhecer o mercado à vista – principalmente se o seu interesse for a renda variável. Afinal, este é o mercado mais descomplicado, o que o faz muito popular entre os investidores da Bolsa.

Então, acompanhe este artigo até o fim e entenda tudo sobre o mercado à vista!

O que é mercado à vista?

Mercado à vista é o termo utilizado para representar as operações de compra e venda de ações a preços determinados de acordo com a oferta e demanda no momento da operação.

Ele funciona de forma parecida com uma ida às compras. O consumidor pode preferir dividir sua compra através do pagamento a prazo, porém, também pode quitar logo sua dívida pagando à vista.

Entretanto, nesse tipo de mercado, não é possível realizar o pagamento e já sair com a compra em mãos: é necessário esperar a liquidação e a custódia do ativo adquirido. Na maioria das vezes, isso leva dois dias.

Mesmo com esse prazo para o recebimento do ativo, é possível considerar que o pagamento foi à vista – e não adiantado – por se tratar do preço corrente no momento da compra.

Como funciona o mercado à vista?

Tendo em mente que esse modelo de mercado se baseia em oferta e demanda, o que define o preço das ações é a quantidade de ativos ofertados e a demanda dos investidores dispostos a comprá-los.

É através desses dois fatores que é determinado o preço de equilíbrio desse mercado na Bolsa.

Para quem deseja começar a investir na B3, o mercado à vista é o mais indicado para entrar no mundo dos investimentos de forma eficiente.

Diferença entre o mercado à vista, a termo, futuro e opções

mercado a vista

A diferença entre o mercado à vista e os outros mercados ainda podem causar dúvidas aos investidores iniciantes. Por isso, os tópicos abaixo explicam as características de cada um deles.

Mercado à vista

Consiste no pagamento dos ativos de acordo com o preço corrente atual, com um prazo de aproximadamente dois dias para adicioná-los à carteira de investimentos.

Mercado futuro

Negociação de contratos de compra e venda de ativos que serão efetuados apenas no futuro, podendo ser commodities, índices ou moedas estrangeiras.

Mercado a termo

Funciona através de um termo feito entre o comprador e o vendedor de um derivativo, onde os dois se comprometem a efetuar as transações no dia do vencimento do contrato.

Opções

Mercado onde negociam-se contratos firmadores de direito de compra ou venda de um ativo por um preço determinado durante um certo período.

No mercado de opções, ao fim do prazo o proprietário da ação pode escolher entre manter o acordo ou desistir do que negocioou-se inicialmente.

Analisando todos esses mercados, é possível perceber que, de fato, o mercado à vista é o mais simplificado, em termos técnicos e práticos. Por isso, ele é o mais indicado para os investidores iniciantes.

Jacinto Neto
Jacinto Neto Analista CNPI e sócio do Funds Explorer
Formado em administração pública pela FGV-SP, mestre em Finanças e Controladoria pela FIPECAFI, analista CNPI e sócio do Funds Explorer. Possui experiência maior que 5 anos, trabalhando com estratégia de investimentos, planejamento e modelagem financeira, além de análise de fundos de investimento imobiliário.

Leia também