Mercado Financeiro

O que é bull market? Entenda o cenário de otimismo do mercado

O que é bull market? Entenda o cenário de otimismo do mercado

Quando a economia vai bem e a bolsa de valores está em alta, os investidores falam em bull market. O chamado mercado do touro representa o otimismo do momento, especialmente para as ações.

No contexto do bull market, os preços dos ativos crescem. Assim, quem já tem uma posição tende a ganhar dinheiro. No entanto, é preciso cuidar e sempre fazer uma boa leitura do mercado. Isso porque tudo que está em alta pode colapsar.

Esse é um dos motivos que justificam o conhecimento sobre o mercado do touro. Ao entender esse movimento, você descobre como utilizá-lo a seu favor. Além disso, previne perdas futuras.

Então, que tal saber mais? Confira.

O que é bull market?

O bull market (mercado do touro) é o termo que aponta um cenário de otimismo no mercado financeiro. Isso significa que os investidores estão positivos e animados. Como consequência, o valor dos ativos tende a aumentar.

Apesar de ser utilizado para diferentes ativos, esse termo está mais relacionado ao mercado de ações. De toda forma, seu contexto está relacionado a investimentos de maior volatilidade.

A tendência é que esse cenário otimista permaneça assim por um tempo. Por isso, é um período de boas oportunidades. Porém, elas estão atreladas a um risco maior, inerente à renda variável.

Como o mercado do touro é caracterizado?

Esse cenário é determinado a partir de um crescimento de 20% no preço do ativo, em conjunto com o otimismo do mercado. No entanto, imediatamente antes, dever ter havido uma queda de mesmo percentual.

Nem sempre essa regra de porcentagem é seguida. Ainda assim, alguns sinais evidenciam o começo de um cenário de otimismo. Entre eles estão:

  • aumento do Produto Interno Bruto (PIB);
  • crescimento da geração de empregos;
  • alta na lucratividade das empresas;
  • redução dos juros.
Uma pessoa está sentada em frente ao computador e segura um celular. Na tela dos dois aparelhos aparece o home broker de uma corretora mostrando o crescimento do bull market

Qual a duração do bull market?

Mais do que saber o que é o mercado de touro, é preciso identificar sua potencial duração. Esse cenário pode ser rápido ou bastante longo. Por isso, pode levar dias ou demorar décadas.

Para ter uma ideia, os economistas acreditam que um dos maiores bull markets ocorreu entre 2009 e 2019. Nesse período, a valorização do indicador S&P 500 chegou a 276%. Por isso, alguns defendem essa teoria.

De toda forma, é importante ressaltar que a impossibilidade de prever a duração é normal. Afinal, os investimentos da renda variável são altamente voláteis.

Como aproveitar o bull market para aumentar o potencial de ganhos?

Para começar, saiba que você deve ter o perfil arrojado para arriscar mais. Esse é um período de ganhos potenciais, mas ainda com possibilidade de perdas. Por isso, é importante traçar uma boa estratégia.

O ideal é tentar se antecipar e adquirir os ativos. Assim, quando o mercado do touro chegar ao seu máximo, você poderá vendê-los, porque estarão em alta.

Por outro lado, é preciso atenção. Esse não é o momento ideal de comprar. Isso porque os preços dos ativos estão elevados. Para saber se eles vão aumentar mais, é preciso fazer uma boa análise.

As avaliações de longo prazo são embasadas na análise fundamentalista. Por sua vez, as de curto prazo utilizam a análise técnica, também chamada de gráfica. O ideal é optar pela última.

Quais são as fases desse período de otimismo?

O mercado passa por períodos de crescimento e queda. Essa movimentação é normal. Nos momentos de alta, existem três principais fases:

  • acumulação: o mercado se recupera de uma queda e o preço dos ativos começa a subir. Contudo, é uma elevação temporária;
  • participação pública: os investidores veem a bolsa de valores como uma alternativa de investimento viável. Por isso, a procura por ela aumenta;
  • euforia: os ativos da renda variável são comprados por mais pessoas. Assim, os investidores profissionais vendem suas ações para lucrar com a alta do mercado. Esse movimento também é realizado pelos investidores qualificados.

Portanto, fica claro que os investidores mais experientes antecipam esse movimento e se preparam. Isso leva ao aumento de sua rentabilidade. Porém, sua saída em massa leva à queda no preço do ativo. Assim, o mercado do touro começa a arrefecer.

Qual a diferença para o bear market?

O bull market sinaliza o período de otimismo. Enquanto isso, o bear market mostra um cenário de pessimismo. Assim, são conceitos opostos.

Ao mesmo tempo, nenhum deles dura para sempre e ambos oferecem oportunidades. É preciso saber identificá-las. Assim, você usa o bull market a favor da sua estratégia.

Jacinto Neto
Jacinto Neto
Analista CNPI e sócio do Funds Explorer
Formado em administração pública pela FGV-SP, mestre em Finanças e Controladoria pela FIPECAFI, analista CNPI e sócio do Funds Explorer. Possui experiência maior que 5 anos, trabalhando com estratégia de investimentos, planejamento e modelagem financeira, além de análise de fundos de investimento imobiliário.

Leia também